Psicologia Clínica

Seja bem vindo,

Poderá consultar neste site todas as informações relativas a locais de atendimento, serviços prestados e demais actividades neste espaço.

Estou à disposição para qualquer esclarecimento através do email: psicologia@joaofernandomartins.com

BREVE RESUMO CURRICULAR

João Fernando Martins é Psicólogo Clínico, Membro Efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses com o título de Especialista em Psicologia Clínica e da Saúde, sendo também Orientador de Estágios de Admissão à Ordem e Supervisor Clínico. Membro APA e EFPA.

Licenciou-se em Psicologia pré-Bolonha no Instituto Superior da Maia, tendo posteriormente concluído o Mestrado em Medicina Legal e Ciências Forenses no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar. Atualmente é aluno de Doutoramento no Programa Doutoral em Processos Psicológicos e Comportamento Social da Universidade de Santiago de Compostela.

É Psicólogo Clínico desde 2008, dedicando desde então a sua actividade clínica ao atendimento em Hospitais e Clínicas Privadas a adolescentes e adultos na zona do grande Porto com foco nas Perturbações da Ansiedade e Intervenção na Crise Psicológica.

Formador desde 2010, certificado pelo IFEP, CCPFC, detém mais de 200 ações de formação lecionadas em várias Universidades, Instituições Internacionais e Empresas nas áreas da Psicologia Clínica e Forense.

É também Consultor em Análise Comportamental, Comunicação Persuasiva, Influência e Gestão Emocional

Certidão de Registo na ERS nº E152036

INTERVENÇÕES

PSICOLOGIA CLÍNICA E INTERVENÇÃO PSICOLÓGICA

Todas as consultas de Psicologia passam por uma consulta inicial  na qual são traçadas as primeiras impressões, possíveis diagnósticos e realizada uma parte da anamnese do sujeito.

É importante recolher informações de relevância como o historial clínico, se já recorreu a algum Psicólogo no passado, sofre de alguma doença ou se é acompanhado por algum profissional de Saúde Mental.

Após esse momento inicial é delineado um plano de acompanhamento Psicológico em conjunto com o utente, bem como a periodicidade das consultas.

As consultas normalmente têm periodicidade semanal ou quinzenal, podendo a intervenção ser mais ou menos prolongada mediante a problemática em causa

PSICOMETRIA E AVALIAÇÕES PSICOLÓGICAS
A Avaliação Psicológica apresenta-se como um acto altamente especializado, realizado exclusivamente por um Psicólogo.

Assim, uma avaliação destas pode recorrer a várias ferramentas que o técnico considere relevantes para a recolha dos dados necessários para a elaboração de um relatório.

Normalmente utilizam-se testes psicológicos padronizados que avaliam uma ou mais áreas do sujeito, que juntamente com os dados obtidos durante o momento da(s) consulta(s) permitem uma conclusão nas áreas em causa.

Existem várias vertentes que podem ser inseridas na avaliação psicológica, como são o caso das avaliações do nível de inteligência e outras capacidades cognitivas ou perturbações da personalidade, como são o caso da depressão e dos transtornos da ansiedade.

INTERVENÇÃO EM CRISE

A abordagem em crise centra-se numa quantidade de procedimentos que visam a diminuição do mal-estar do indivíduo e que obedecem a princípios e objetivos distintos do aconselhamento psicológico ou de uma intervenção psicoterapêutica com sessões estruturadas.

A Crise surge normalmente pela quebra do funcionamento adaptativo do indivíduo, que face a uma situação exigente não disporá de recursos para lidar com essa mesma situação, causando um desequilíbrio psicológico.

Este tipo de intervenção centra-se assim maioritariamente no presente, tendo como objetivo primordial a promoção de estratégias que possam ser favoráveis à diminuição das reações intensas que o sujeito possa estar a experienciar, através dos chamados Primeiros Socorros Psicológicos.

APOIO PSICOLÓGICO DOMICILIÁRIO
Preferencialmente a realização de consultas deve ser realizada dentro de um local neutro e preparado ergonomicamente para a prática da Psicologia.

Infelizmente, pelo facto de certos utentes apresentarem dificuldades de deslocação por razões físicas ou até psíquicas, existem as consultas de Psicologia domiciliares.

No momento da marcação da 1ª consulta, é necessário descortinar juntamente com o utente ou familiares qual o espaço disponível para a realização da consulta, em que condições, possíveis interferências, sendo sugerido nesse caso algumas alterações ou requisições para que a consulta seja o mais adequada possível.

CONSULTA ONLINE

O percurso de vida muitas vezes nos obriga a deslocações ou a mudanças geográficas, por exemplo por questões profissionais. A consulta online é uma ferramenta recente mas que se tem revelando bastante útil, quer para acompanhamentos que iniciaram presencialmente e que por motivos diversos (emigração, p ex.) não é possível  a sua continuidade, quer por apoio psicológico na língua materna, que se torna por vezes bastante importante.

A consulta online tem a mesma duração da consulta presencial, decorrendo em plataformas preparadas para o efeito, sendo necessária a verificação da qualidade de internet que possa prejudicar o atendimento, quer o assegurar da privacidade pela plataforma que será utilizada.

CONSULTORIA EMPRESARIAL E RECURSOS HUMANOS

O recrutamento e seleção é das partes mais fundamentais para a contribuição de uma eficácia orgânica da empresa, mas também para a manutenção de um bom ambiente no local de trabalho.

Por vezes a escolha de candidatos é um processo moroso em que são avaliadas várias competências e características pessoais, que serão descortinadas antes da contratação, mediante o posto de trabalho a desenvolver.

Nas empresas este processo cabe ao seu departamento de recursos humanos ou a uma equipa de funcionários que analisa as candidaturas.

Pelo facto de muitas empresas não disporem de um Psicólogo na sua equipa, recorrer a um serviço de consultoria especializado para os seus serviços de recrutamento pode ser uma importante mais-valia para um processo de seleção eficaz e efetivo.

AVALIAÇÃO DE RISCOS PSICOSSOCIAIS
Nos últimos anos a preocupação com o bem-estar e stress dos funcionários da empresa têm sido uma crescente na União Europeia, ao ponto de esta ter lançado vários apelos ao cuidado que estas deverão ter, não apenas com a higiene e segurança no trabalho, mas também numa correta manutenção do bem-estar psicológico dos seus colaboradores.

As empresas podem requerer assim uma avaliação de riscos psicossociais e stress ao local de trabalho, para que esta análise sirva de guia à promoção de práticas adequadas a uma saúde mental e bem estar dos seus trabalhadores

TREINO DE SOFTSKILLS
A psico-educação tem-se tornado uma arma cada vez mais relevante, quer no combate ao estigma sobre a saúde mental, quer no aumento da literacia em bem-estar psicológico e saúde mental.

As Softskills podem ser consideradas como um conjunto de competências facilitadoras que promovem um maior controlo e conhecimento ao indivíduo sobre as suas limitações e a melhoria dessas mesmas limitações. São exemplos de Softskills a gestão emocional e prevenção do Burnout, a gestão de conflitos, a linguagem corporal e as micro expressões faciais, as técnicas de influência e persuasão, entre outros.

Hoje em dia bastante difundidas pelas redes sociais por outras áreas profissionais, importante realçar que tanto a psico-educação como a literacia em saúde mental devem ser promovidas por Psicólogos, que dispõem de um conhecimento mais profundo e abrangente deste tipo de temáticas, procuram uma abordagem científica e obedecem a um código deontológico rígido.

psicologia@joaofernandomartins.com

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s